Não venha me falar de razão

Postado em: terça-feira, 29 de julho de 2014

Não venha me falar de razão. Não me cobre lógica! Não me peça coerência. Eu sou pura emoção! Tenho razões e motivações próprias. Sou movida por paixão. Essa é minha religião e minha ciência! Não meça meus sentimentos. Nem tente compará-los a nada. Deles sei eu. Eu e meus fantasmas. Eu e meus medos. Eu e minha alma. Sua incerteza me fere. Mas não me mata! Suas dúvidas me açoitam. Mas não deixam cicatrizes. Não me fale de nuvens...

0 comentários:

Postar um comentário

O Comentário é seu cartão de visita.
Comentários anônimos, ofensivos e agressivos não serão publicados!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.